Concurso Especial

Os concursos especiais de acesso e ingresso no ensino superior destinam-se a estudantes que reúnam condições habilitacionais específicas (maiores de 23 anos, titulares de cursos superiores, médios e CET).

O acesso para os candidatos com um Diploma de Especialização Tecnológica (CET) é condicionado à aprovação na prova de ingresso específica para avaliação de capacidade, a realizar pelo ISAL. Aos candidatos com CET atribuído pelo ISAL e pelo INETESE, são atribuídas equivalência a algumas unidades curriculares das nossas licenciaturas.

Modalidades de concurso especial

I. Estudantes que tenham aprovado nas componentes de avaliação de capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos(podem candidatar-se ao curso para o qual fizeram exame(s)

II. Estudantes que sejam titulares de curso superior (podem candidatar-se a qualquer Curso Superior)

III. Estudantes que sejam titulares de curso médio (extintos cursos de Magistério Primário, de Educadores de Infância e de Enfermagem Geral, e podem candidatar-se a Qualquer Curso Superior)

IV. Estudantes que sejam titulares de curso de especialização tecnológica (cet) (podem candidatar-se aos cursos fixados por regulamento), que tenham aprovação na prova de ingresso específica para avaliação de capacidade.

Prazos para a candidatura e matrícula dos concursos especiais

Fixação de vagas e critérios de seriaçãoApresentação da CandidaturaAfixação dos Editais de Colocação (2)Matrícula e Inscrição
01 de março de 202119 de julho a 30 de setembro de 202111 de outubro de 202111 a 18 de outubro de 2021

Critérios de Seriação

Os candidatos serão seriados de acordo com a aplicação sucessiva dos seguintes critérios:

A – Aprovados nas componentes de avaliação de capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos.

  1. Classificação final das componentes de avaliação de capacidade para frequência do ensino superior, dos maiores de 23 anos, por ordem decrescente

B – Titulares de Cursos Médios e Superiores.

  1. Grau Académico – Mestrado, Licenciatura ou Bacharelato;
  2. Cursos Médios – Magistério Primário, Educadores de Infância e Enfermagem Geral;
  3. Classificação, por ordem decrescente, dos cursos referidos nos pontos 1 e 2;
    3.1 Quando a classificação conste de certificado com parte decimal, será arredondada à unidade;
  4. Em igualdade de condições, terá preferência o candidato cuja data de conclusão de curso seja mais recente.

C – Titular de Curso de Especialização Tecnológica (CET)

  1. Candidatos habilitados com CET ministrado no ISAL;
  2. Candidatos habilitados com CET ministrado por entidade com a qual o ISAL tem protocolo de prosseguimento de estudos;
  3. Classificação final do curso, por ordem decrescente;
  4. Em igualdade de condições, terá preferência o candidato com data de nascimento mais recente.

D –  Titular de Curso Técnico Superior Profissional (CTESP)

  1. Candidatos habilitados com CTESP ministrado no ISAL;
  2. Candidatos habilitados com CTESP ministrado por entidade com a qual o ISAL tem protocolo de prosseguimento de estudos;
  3. Classificação final do curso, por ordem decrescente;
  4. Em igualdade de condições, terá preferência o candidato com data de nascimento mais recente.