Início>Estudar no ISAL>Bolsas e Incentivos

Incentivos

Desconto de 50% no valor das propinas

Candidatos

São candidatos todos os alunos que tenham o 12º ano completo, candidatos às licenciaturas do ISAL, através do concurso institucional.

Critério para benefício do desconto

Para obter o benefício de 50% de desconto é necessário que a nota de candidatura seja igual ou superior a 160 pontos.

Aplicação do desconto

O desconto de 50% no valor das propinas, aplica-se ao primeiro ano de frequência (2020/2021).

Cálculo da nota de candidatura

Nota de Candidatura = 65% da classificação final do Ensino Secundário + 35% da classificação a prova de ingresso.

Quando dois ou mais membros do mesmo agregado familiar ou parentes de primeiro grau na linha reta (ascendentes e descendentes) ou colateral (irmãos), estiverem inscritos num ciclo de estudos, beneficiam de uma redução na propina de 5%.

Critério para beneficio do desconto

Estudantes do Ensino Superior até aos 23 anos inclusive, que beneficiem ou não da Ação Social no Ensino Superior.

Aceda aqui e/ou aqui para mais informações.

O ISAL entende ser imperioso instituir uma política social de apoio aos discentes, bem como premiar os seus melhores discentes, incentivando-os na obtenção de boas notas, bem como a prosseguirem os seus estudos. O PRÉMIO DE MELHOR ALUNO FINALISTA DO ISAL permite conciliar a função social com a função de incentivo ao prosseguimento de Estudos.

O Prémio de Melhor Aluno Finalista do ISAL traduz-se na atribuição de uma Pós-Graduação ministrada pelo ISAL, à escolha do discente premiado, desde que a mesma seja iniciada pelo ISAL.

Candidatos

São abrangidos pelo presente Regulamento os discentes finalistas de todos os cursos de licenciatura do ISAL, com um máximo de quatro matrículas no curso.

Critérios de Seriação

É critério de seriação a melhor média final do curso, com aproximação às centésimas. O vencedor do prémio será o aluno que tiver a melhor média final em todos os cursos do ISAL.

Aceda aqui diretamente ao regulamento.

Considerando o interesse do Governo na promoção do acesso ao ensino superior e a importância de complementar os atuais apoios diretos com um sistema de garantias de empréstimos para estudantes do ensino superior, foi celebrado com as sociedades de garantia mútua o protocolo «Linha de Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua».

O sistema de garantia mútua torna possível aos estudantes do ensino superior aceder a melhores condições junto do sistema financeiro para financiamento das necessidades associadas à sua formação.

Aceda aqui diretamente para mais informações.

Bolsas

Bolsa de estudo atribuída pela Ação Social do Ensino Superior suportada integralmente pelo Estado a fundo perdido.

Contacto ISAL: Teresa Faria | teresa@isal.pt

Aceda aqui diretamente às Candidaturas através da DGES

Simulador de atribuição de bolsas de estudo DGES.

Contatos de serviços/Gabinetes de ação social do ensino superior privado: Instituto Superior de Administração e Línguas – telf. 21 356 54 00 (Candidaturas analisadas na Direção Geral do Ensino Superior).

A Fundação Marítimo Centenário atribui bolsas de estudo a estudantes do Ensino Superior da Região Autónoma da Madeira.

Aceda aqui diretamente para mais informações.

A Bolsa de Estudo ANA Solidária tem o prepósito de manter relações de proximidade com as comunidades envolventes dos aeroportos, para jovens que, apesar do seu mérito escolar, teriam dificuldade em frequentar a Universidade. Os jovens são apoiados a nível financeiro no primeiro ano no Ensino Superior.

Aceda aqui diretamente para mais informações.

Cada vez mais os Municípios estão atribuir bolsas de estudo na nossa região, deverá consultar o município da sua área de residência.

No âmbito da sua política de ação social para o ensino superior, o Governo Regional concede uma Bolsa de Estudos Excecional no valor de 45,00€ por mês a estudantes que se encontrem a frequentar cursos superiores em estabelecimentos localizados na Região Autónoma da Madeira. Esta Bolsa é concedida desde que, cumulativamente, os estudantes:

a) Façam prova de que frequentaram e concluíram a totalidade de um curso de ensino secundário num estabelecimento de ensino da Região Autónoma da Madeira;
b) Usufruam de bolsa de estudos da Direção-geral do Ensino Superior;
c) Tenham uma capitação mensal calculada no âmbito da candidatura à bolsa referida na alínea anterior não superior a 350,00€ (a).

Estão dispensados da condição estipulada na alínea a) os estudantes filhos de emigrantes portugueses naturais da Região Autónoma de Madeira.

Aceda aqui diretamente para mais informações.

As bolsas de estudo por mérito são atribuídas pelos estabelecimentos de Ensino Superior Público e Privado, aos estudantes com aproveitamento excecional, independentemente dos seus rendimentos, de acordo com o Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes de Instituições de Ensino Superior (Despacho n.º 13531/2009).

Aceda aqui diretamente para mais informações.

Critérios de Seriação

Os candidatos serão seriados de acordo com a aplicação sucessiva dos seguintes critérios:
1) Cursos:

a. Num ciclo de estudos de licenciatura;
b. Num ciclo de estudos integrado de mestrado;
c. Num ciclo de estudos de mestrado;
d. Num curso de especialização tecnológica.

2) Satisfaçam cumulativamente, no período contável para a selecção, as seguintes condições:

a. No ano lectivo anterior ao da atribuição da bolsa tenha obtido aprovação em todas as unidades curriculares que integram o plano de estudos do ano curricular em que se encontrava inscrito;
b. Estar matriculado e inscrito no ciclo de estudos, no ano lectivo a que se reporta a bolsa;
c. A média das classificações das unidades curriculares a que se refere a alínea a) não tenha sido inferior a Muito Bom (16 valores);
d. No período contável para a selecção, não são consideradas unidades curriculares realizadas por creditação1;

3) A selecção será efectuada pela melhor média das classificações, por ordem decrescente, da média referida na alínea c).

4) Quando a classificação conste de certificado com parte decimal, será arredondada à unidade.

5) Em igualdade de condições, terá preferência o candidato com data de nascimento mais recente.

Quando a Instituição de origem não seja o ISAL.

Bolsa de mérito prazos e critérios de seriação

Bolsas de estudo por mérito a atribuir

O Governo, através do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, definiu como um dos desígnios da legislatura a iniciativa “Inclusão para o Conhecimento” no sentido de promover o acesso ao ensino superior e ao conhecimento dos cidadãos com necessidades especiais, considerando que dessa forma estão criadas as condições para o exercício dos direitos que são conferidos a qualquer membro de uma sociedade democrática e inclusiva.

Os estudantes com incapacidade igual ou superior a 60% podem solicitar a concessão de uma bolsa de estudo correspondente ao valor da propina efetivamente paga.

Para o pedido de obtenção da bolsa os estudantes devem:

  • Estar matriculados e inscritos numa instituição de ensino superior;
  • Comprovar o grau de incapacidade através de um atestado médico de incapacidade multiuso;
  • Ter a situação tributária e contributiva regularizada.

O processo de candidatura é efetuado através de formulário online, após credenciação, disponível a partir daqui.

O despacho que aprova o regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo para Frequência no Ensino Superior de Estudantes com incapacidade igual ou superior a 60% foi publicado e pode ser consultado aqui>.

De acordo com o despacho do diretor-geral do Ensino Superior, de 11 de abril de 2018, os requerimentos para atribuição desta bolsa podem ser submetidos até ao final do ano letivo a que respeitam.